Jacobina: Prefeito Tiago Dias tomará medidas planejadas com secretarias municipais e representantes do comércio

Jacobina: Prefeito Tiago Dias tomará medidas planejadas com secretarias municipais e representantes do comércio

A segunda-feira foi tensa na cidade do ouro, opiniões divididas sobre o decreto estadual, o que resultou em pressão de empresários da cidade, que dirigiram-se até paço municipal. Nos últimos 09 meses o comércio de Jacobina tem funcionado sem medidas restritivas, e foi o primeiro município do estado a liberar totalmente o comércio. Nas últimas semanas os casos aumentaram de forma significativa, entre sábado e domingo foram registrados 04 óbitos no Hospital Regional Vicentina Goulart, ou seja, são índices que preocupam os gestores em saúde e também a prefeitura. Em contraponto a situação da pandemia, há também a questão da economia local a ser levada em consideração. Após manifestação ocorrida na tarde de hoje que encerrou com dezenas de comerciantes na sede do executivo, que resultou em reunião com prefeito e secretário. Após horas de conversa o chefe do executivo municipal falou com a imprensa local a respeito do que ocorrerá a partir da próxima terça-feira (02).

Segundo o prefeito Tiago Dias o momento é difícil, e para que haja então ações coerentes foi emitido um novo decreto municipal restringindo todas as atividades comerciais e atividades bancárias, que funcionarão somente em auto-atendimento, supermercados, farmácias e restaurantes funcionarão com atendimento delivery. “Estivemos reunidos com representantes do comércio, da secretaria da saúde e outros setores do município, para que amanhã possamos traçar um planejamento coeso, com ações paulatinas, que priorizem a vida e a saúde, sem perder de vista a economia, porém é bom ressaltarmos que as medidas são de âmbito estadual, o toque de recolher continuará até o dia 08, infelizmente perdemos quatro jacobinenses neste final de semana, só no domingo foram 320 mortes na Bahia, nossa UTI está com 100% da sua capacidade de lotação, e em nenhum momento a Prefeitura fechou comércio, apenas agimos em consonância obedecendo um decreto estadual necessário neste momento, não queremos ver um colapso em nosso município, que tem atendido não somente nossos conterrâneos, mas dado uma contribuição significativa a toda região. Temos convicção de que vamos construir juntos um plano de contingência, aliado a isso um plano de ação, com iniciativas que priorizem a vida, e preserve a geração de emprego e renda” disse Tiago.

O Governo do Estado da Bahia ampliou o Lockdown no último domingo, prorrogando decreto do dia 26 de fevereiro até as 05h da quarta feira, dia 04 de março, contudo as medidas restritivas do Toque de Recolher das 20h às 05h diariamente, permanece até o próximo dia 08.

Da Redação/Informa Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *