Com aumento de mortes por COVID e risco de colapso é necessário que prefeituras prorroguem cobranças de tributos

Com aumento de mortes por COVID e risco de colapso é necessário que prefeituras prorroguem cobranças de tributos

O Brasil vive o pior momento da pandemia e este mal tem afetado a economia, a geração de emprego e consequentemente a renda familiar, causando impacto direto no cotidiano de toda sociedade. É sabido por todos que os entes federativos, municípios, estados e união, não podem negar percebimentos de receita, contudo, há sim, mecanismos administrativos que permitem a prorrogação de pagamentos.

No sertão baiano a grande maioria das entidade privadas estão inseridas no enquadramento de microempresas, desta forma se faz necessário sim repensar as datas de pagamento de alvará, IPTU das empresas, alvarás de funcionamento no segmento de transportes alternativos, enfim, criar uma alternativa em que não se perca recursos, mas que estenda a mão ao trabalhador, afinal é bem melhor um adiamento nestes recebimentos do que vermos empresas baixando as portas e pais de família desempregados.

INFORMA SERTÃO/ Clayton Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *