Serviço precário dos Correios em Conceição do Coité revolta funcionários e população

Serviço precário dos Correios em Conceição do Coité revolta funcionários e população

A população coiteense tem sofrido nos últimos meses, ou quem sabe desde o começo da pandemia com o péssimo serviço dos Correios, de mode especial o cliente que deseja encaminhar algum tipo de encomenda. A maioria do tempo fica apenas um funcionário para atendimento ao cliente e muitas vezes a agência recebe uma quantidade de pessoas que acaba gerando aglomeração.

Em tempo de pandemia o órgão estatal deveria estar preocupado em organizar filas e usar todas medidas de biossegurança para evitar a propagação do novo Coronavírus, mas aquela único funcionário que recebe as encomendas de dezenas de pessoas, jamais poderia cumprir a parte de organização.

O horário mais comum que mostra a precariedade no atendimento corresponde ao período de 13h às 16h quando encerram os trabalhos direto com o público. Muitas vezes o único caixa tem que pausar o atendimento individual para atender empresas que mandam grandes volumes que mais parece uma transportadora.

Um funcionário que pediu para não ser identificado disse que a direção dos Correios tem pensando apenas em enxugar a máquina, aumentar seu faturamento e quem paga essa conta são os funcionários que ficam sobrecarregados, categoria que como prêmio recebeu antecipado cortes de direitos conquistados.

Esse mesmo funcionário lamentou também a falta de bom senso quando ignora a vacinação da categoria. “Quando foi para definir o que era essencial ou não para manter as portas abertas, os Correios estava lá como essencial e permanece, no entanto muitas categorias consideradas essenciais estão vacinadas, mas a nosso continua em risco”, lamentou o funcionário.

Informações: Calila Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *